quarta-feira, outubro 22, 2008

Eu sei que esta é óbvia, mas eu não podia deixar de a mandar...

Parece que o Miguel Sousa Tavares foi assaltado, e entre outras coisas, roubaram-lhe o projecto do livro que se encontrava a desenvolver.

...e ainda dizem que os ladrões só prejudicam o país e o cidadão comum. É uma pena que o Nobel deste ano já tenha sido entregue ao Le Clézio; se o ladrão tivesse cometido a felonia há mais tempo, tenho certeza que seria o favorito da Academia Sueca. Afinal, é tão importante um autor que tem toda uma obra literária de qualidade quanto um patife que impede a publicação de uma "obra" (??!!) de má qualidade. Por isso, não havendo um Nobel para ele, resolvi agraciá-lo com o Prémio Peter of Pan de Literatura 2008. Estava para entregá-lo ao Lobo Antunes, mas considero que o ladrão do Miguel Sousa Tavares é mais merecedor do galardão. É obra!

4 comentários:

Ilda disse...

Eu gosto do tipo de escrita dele! Por isso não concordo contigo!!! És ruim!!!

Peter of Pan disse...

Pelos vistos, o ladrão não teve essa opinião...

Daniela Major disse...

Se calhar teve, porque se diz que o ladrão lhe roubou o PC porque o livro dele estava in it. Conhecendo o senhor , pode ser que acorde para a realidade do alto do seu pedestral...

Peter of Pan disse...

Qual quê, o ladrão queria era o PC para ver as pastas com pornografia. Calhou-lhe o livro, coitado...