segunda-feira, dezembro 07, 2009

Pobre coitada...

Estou numa de rever filmes com a Monica Bellucci (algo que eu faço sensivelmente de dois em dois meses) e começo a perceber que há um padrão trágico nas personagens representadas pela diva italiana. Em Malena, por exemplo, a Moniqueca tem de se prostituir, o que desagrada às restantes mulheres da aldeia, que, invejosas daquele corpozorro (que mulher não invejou já a Monica? Eu, se fosse mulher, ficaria com raiva de tanta perfeição), um dia decidem dar-lhe um violento tareão. No Irreversível, a Monicona é apanhada num túnel e brutalmente violada, numa cena de demora uns largos minutos. Porém, nem a violação do Irreversível nem o espancamento da Malena se comparam com a tragédia ocorrida em Matrix Reloaded: aqui, a nossa Moniquinhas é obrigada a beijar fogosamente o Keanu Reeves. Bleaaaaargh... actriz sofre!

3 comentários:

marta disse...

Aconteceu-lhe o mesmo no Drácula de Bram Stoker, só que aí ainda lhe podes ver as maminhas =)

Ilda disse...

Tadita, tenho cá uma peninha dela...

Piston disse...

Maminhas? Estamos a falar da mesma pessoa?