terça-feira, dezembro 09, 2008

Discussões conjugais: lavar a loiça!

Ahhhhhhhhhhhhh, que bem que soube este fim-de-semana de três dias...

Bom, mas não é sobre isso que venho dissertar hoje. O tema deste post é a autêntica guerra que se tem travado lá por casa, à custa de uma insignificância: o facto de eu, em toda a minha lucidez, me recusar a lavar a loiça.

É assim: não é que eu lave mal. Nem tenho o hábito de partir copos e/ou pratos durante a execução de tão doméstica tarefa. Simplesmente não sou grande apreciador da arte, sobretudo quando está, mesmo ali ao lado, uma máquina que procede à lavagem por mim. O que deixa mais tempo para as coisas que realmente aprecio fazer, como sentar-me em frente à T.V. com uma garrafa de licor Beirão, sacar álbuns manhosos de bandas death metal do Turquemenistão ou - a minha actividade predilecta... - redigir cartas eróticas à Salma Hayek!

Só que a minha gaja não me compreende. Ela exige à força toda que eu lave a loiça suja. Em vez de a enfiar na máquina. Tudo porque "a máquina gasta muita água" e tal! Se isto faz algum sentido...

Ora, por via disto, têm sido geradas algumas discussões, compostas por partes racionais (as minhas) e irracionais (as dela). Mas eu não cedo. Em nenhuma circunstância. Apele ela para aquilo que apelar. Porque do meu lado está a força dos argumentos e a masculinidade, ao passo que do lado dela está a ameaça, a chantagem, o confronto bacoco e o sentimentalismo feminino. Em suma, a minha gaja recorre a todo o género de truques baixos para me forçar a lavar a loiça, porém a minha hombridade resiste e não lhe liga nenhuma! A guerra está, pois lançada, e temo que só acabará quando se verificar uma destas três hipóteses: a) a minha gaja arranja uma justificação racional para que eu lave a loiça (deve ser, deve!); b) eu fujo de casa; c) passamos a ter todas as refeições em loiça de papel.

Não acreditam? Eis a prova, retirada de uma das nossas muitas discussões:

Golpe baixo nº 1: Ofensa pessoal!

Gaja: Vai lavar a loiça, ó mandrião!
Eu: Não vou!
Gaja: És sempre a mesma coisa! Preguiçoso! Calão!
Eu: Cala-te e vai-me buscar a grade de cerveja, que vai começar o Sporting!
(a força do meu argumento convence-a e ela começa a lavar a loiça, isto depois de me trazer a grade)

Golpe baixo nº 2: Ameaça!

Gaja: Vai lavar a loiça!
Eu: Não vou, hoje é a tua vez!
Gaja: 'Tás bêbado?! Tenho sido eu a lavar nos últimos 34 dias!
Eu: Então, a prática faz a perfeição. Continua, tens todo o meu apoio!
Gaja: Grrrrr... VAI JÁ LAVAR A LOIÇA, SENÃO EU PARTO TODOS OS TEUS CDS!
Eu: Cala-te. Eu fechei à chave a porta do escritório!
(a força do meu argumento convence-a e ela começa a lavar a loiça)

Golpe baixo nº 3: Chantagem emocional!

Gaja: Vai lavar a loiça!
Eu: Não vou, doem-me as mãos!
Gaja: E eu?!?! A mim dói-me o corpinho todo! Estou cansada do trabalho! Das aulas! Dos transportes públicos! Da tua falta de solidariedade! Buu-uhhhhh!
Eu: Olha, se queres chorar, vai para a casa-de-banho, que é para eu não te ouvir.
(a força do meu argumento convence-a e ela começa a lavar a loiça, interrompendo de vez em quando a tarefa para enxugar as lágrimas)

Golpe baixo nº 4: Chantagem sexual!

Gaja: Vai lavar a loiça!
Eu: Não vou, tenho de ir ao site da Playboy!
Gaja: Vai JÁ lavar a loiça, ou esta noite não há sexo para ninguém!
Eu: Pffff... deixa estar, vou passar a noite a escrever cartas à Salma!
(a força do meu argumento convence-a e ela começa a lavar a loiça)

Cá está! Homem que é homem não cede aos truques de baixo nível invocados pelas mulheres. Continuo a resistir! Lavar a loiça é que não!!!! Jamé!

11 comentários:

papagaio disse...

eheheh macho que é macho nao lava loiça...tu nao me cedas,impoe-te e faz de ti lider da casa e de todos os homens que como tu passam pelo mesmo
ps: nao cedeste ao fazer sexo???eheheheh vais começar a escrever a mao na certa,prepara-te ,enche o frigorifico da dita maravilhosa e compra a maxman que este mes é so raparoulas descascadas

Ilda disse...

Pois já reparei que nenhum dos meus argumentos te convence! Hoje ficou novamente por lavar!!! Mas os teu cd's vão certamente ajudar a tirar a gordura dos tachos! Vais ver como é que elas mordem!!

NUNIX disse...

Não está ao alcance de todos... è para os que podem... Ou para os que as mulhres ainda deixam... Pode não parecer mas elas já tomaram conta do Mundo!!!
Mas lá que argumentas bem... Disso não há dúvidas...
Bem vou ver o SPORTING! :)
Abraço

Daniela Major disse...

Cá para mim, isso é tudo treta...cá para mim lavas a louça todas as noites e ainda a do pequeno almoço e estás aqui a armar-te em macho...hum...

Peter of Pan disse...

@Papagaio: obrigado pelo apoio. Quanto ao conselho: quem precisa da Maxmen quando há internet??!!

@Gaja: lá está! Novas ameaças!!!! Assim nunca terás crédito!

@Nunix: no meu mundo eu é que mando! Saudações leoninas!

@Daniela: és uma típica mulher! Sempre desconfiada e com tendência a nunca acreditar na palavra de um homem... Mas estás enganada! Não lavei a loiça, e tenho um dente partido (a minha gaja mandou-me com uma caneca à tromba!) a prová-lo!!!!

Kris disse...

passeando por aqui não podia passar sem fazer uma postita!!!

-Homem que é homem não é no "não lavar da loiça" que mostra a sua masculinidade.....(alias ninguem gosta de lavar a loiça!!!)
-mas tambem acho que o casal anda a dar demasiada importancia a malvada loiça, que se lixe a loiça pa! eu tambem não troco a grade de mines e um bom jogo de futebol!!! e depois aproveita-se que o sofa ja esta quente e vá lenha!!!hehehehehe
ps.a maquina de lavar loiça (devidamente cheia) gasta menos água que a lavagem manual!

Peter of Pan disse...

Kris: O teu p.s. é um argumento abundantemente utilizado por estes lados...

Rafeiro Perfumado disse...

Essa de resistires à pressão sexual deixa-me desconfiado, jove...

Peter of Pan disse...

Rafa, um homem não cede a chantagens. Em circunstância alguma!!!!

sonhos/pesadelos disse...

ah ah ah tudo isto por meia duzia de pratitos e copinhos? levaste com uma caneca e partiste um dente, perdeste uma noite de sexo, foste insultado e enxovalhado, e sabe-se lá mais o quê?deves ter fobia ao Fairy com certeza...
bjs endiabrados

Peter of Pan disse...

Sim, foi isso tudo, mas o que importa é que resisti! Sou um gajo de princípios: quando digo que não lavo a loiça, não lavo a loiça mesmo!!!!