quarta-feira, julho 28, 2010

Fábula haiku javarda

Sempre gostei muito de fábulas, aqueles pequenos contos que, utilizando animais como personagens, procuravam ensinar ou explicar algo aos seres humanos. Também gosto muito de haiku, forma japonesa de criar poesia, caracterizada por poucas mas eficazes palavras. E, por fim, sempre apreciei bastante a javardice.

Por isso, e em jeito de homenagem a estas três produções, deixo-vos, aqui no Peter of Pan, a primeira fábula haiku javarda.

A Portugal chegou um urso
vindo do frio russo
e exclamou: "F*da-se, 'tá um calor do c*ralho"

Obrigado a mim por partilhar este momentozinho convosco. Até amanhã.

2 comentários:

Ilda disse...

Que grande urso!!!

... disse...

Haikus are easy
but sometimes they don't make sense
Refrigerator!