sexta-feira, julho 23, 2010

O mistério dos rabanetes desaparecidos


Mas será que tenho de fazer um bico a alguém para poder arranjar rabanetes?!?!

Recordo-me com alguma dificuldade da última vez em que terei provado os deliciosos e picantes rabanetes, que eu tanto aprecio. Foi há seis meses, num almoço em casa dos pais?! Ou terá sido há três anos, numa orgia com toupeiras passada numa horta?! (Bem, se há algo que posso dizer em abono das toupeiras, é que elas têm faro para encontrar os melhores rabanetes do mundo. Ademais, têm uns belos seios, ólarilas!...)

Nos últimos tempos, tenho andado a desejar rabanetes, mas debalde, pois não consigo encontrá-los em lugar algum. Percorri várias casas de legumes, e nada, mesmo tendo espreitado debaixo das couves, entre os espinafres e os aipos, até mesmo no meio dos tomates! Nada! Nos super e hipermercados, a história é a mesma: não se vê um rabanetezinho que seja! Perguntei, a uma empregada do Pingo Doce, onde poderia encontrar rabanetes e levei como resposta "Naum seeeeei, mêu beim. Qui dróga éh um rábánêtchi, cára?!". Desisti, fui à Fnac, fiz a mesma pergunta e deram-me para as mãos um cd da Ana Malhoa. Não percebi a associação...

Já mandei até uma carta ao Marcelo Rebelo de Sousa. Ele, que tem a mania de perceber de tudo, pode ser que me elucide acerca do paradeiro dos rabanetes. Mas continuo sem obter resposta (acho que ele anda muito ocupado a tentar encontrar coisas positivas na proposta de revisão constitucional do PSD. Enfim, é um trabalho que lhe vai tomar eras...). O que é uma pena, pois anda mesmo a apetecer-me rabanetes. Algum de vós, por acaso, consegue encontrá-los na vossa área de residência? Se sim, expliquem-me como e onde!!!

Bom fim-de-semana. Eu vou passar os próximos dois dias a olhar para fotografias de rabanetes...

4 comentários:

Ilda disse...

Um "nabo" atrás de rabanetes!!!

El Guru disse...

Os meus costumam vir daqui e são óptimos (biológicos!):
http://www.campodaagra.blogspot.com/

C.Cruz disse...

Marcelo Rebelo de Sousa??? Isto é um caso para ser explicado por Francisco Moita Flores. Só ele tem estofo para desvendar o caso dos rabanetes desaparecidos. E logo de seguida escreve o sucessor de "Mataram o Sidónio" que se chamará, obviamente, "Mataram os Rabanetes".
Bom fim de semana. ;)

Peter of Pan disse...

@Gaja: Um nabo com um grande nabo, não é?!?!

@Guru: pá, convenceste-me! Vou já linkar!

@Cruz: lamento, mas se ele não conseguiu encontrar a Maddie, também duvido que saiba do paradeiro dos rabanetes, que aliás são muito mais pequenininhos...