terça-feira, abril 13, 2010

Peter of Pan entrevista: Jesus Cristo

Olá, amigos leitores, bom dia. Hoje, este blogue orgulha-se de apresentar uma entrevista com Jesus de Nazaré, também conhecido por Cristo e por "Jasus" pelas pessoas que não sabem distinguir entre "e" e "a".

Peter of Pan: Bom dia, Jesus. É um prazer para mim ter-te como convidado!
Jesus Cristo: Olá, bom dia, para mim também é um grande prazer, peço desculpa por não ter vindo mais cedo, mas sabes como é: sou muito assediado por alturas da Páscoa e tirei a semana passada para descansar. Mas pronto, hoje cá estou eu.
Peter of Pan: E eu agradeço a tua disponibilidade. Podemos começar?
Jesus Cristo: Força, pá!
Peter of Pan: Bom, tu alegas que a tua mãe foi inseminada por um gajo que nem sequer existe. Mal nasceste, tiveste três reis a oferecer mirra, incenso e ouro. Depois, já crescido, formaste uma seita com 12 marmanjos, amigaste-te com uma prostituta, fizeste milagres como andar sobre as águas, ressuscitar mortos, transformar água em vinho, curar leprosos e tal, foste detido à conta de um traidor que te beijou, crucificaram-te, morreste e ao fim de três dias vens dizer que ressuscitas e tal e és arrebatado para o céu onde te vais sentar à direita do teu pai que não existe. A minha pergunta é: mas que raio andaste tu a fumar, pá?!
Jesus Cristo: Eh! Eh! Eh! A história é o máximo, não é?!
Peter of Pan: Sim, é uma coisa bem sacada e bem imaginada. Põe qualquer surrealista no chinelo!
Jesus Cristo: E tu não sabes da missa a metade! Há muita coisa que não foi contada!
Peter of Pan: Queres dar alguns exemplos, só para os nossos leitores?!
Jesus Cristo: Sim, pá! Só para veres como sou um gajo porreiro. Então, algo que muita gente desconhece, e que nunca vi interpretado pelos teólogos, é que eu e os apóstolos formámos uma banda de hip hop. E éramos também uma dance crew. Os nossos movimentos em cima das águas do Eufrates teriam ficado para a História se naquela época houvesse YouTube.
Peter of Pan: Bem, isso é realmente muito à frente e inesperado para um messias.
Jesus Cristo: Estou-te a dizer, pá! Nós dominávamos! Havias de ver as piruetas do Simão, também chamado Pedro.
Peter of Pan: A tua família, o que achava?!
Jesus Cristo: Meu, sabes como é... a minha mãe, principalmente, estava sempre a chagar-me a mona, a dizer que eu devia era fazer algo da minha vida, ser um carpinteiro como o seu esposo José, ou vender os milagres que praticava, ou montar um consultório de vidente, parece que é coisa que dá muito dinheiro. Mas eu preferia andar com a malta, passear pela Judeia, conhecer o mundo, 'tás a ver?
Peter of Pan: Muito bem. Jesus, e como vês o mundo hoje em dia?
Jesus Cristo: Da mesma forma que via o mundo antigamente: com os olhos!
Peter of Pan: Jesus, caramba: essa foi mesmo sequinha! E previsível!
Jesus Cristo: Ah, relaxa, pá, faz-me mas é perguntas sobre bola!
Peter of Pan: Sobre bola?! Mas agora vais dizer que gostas de futebol, é?
Jesus Cristo: Meu, eu A-DO-RO futebol. Por que achas que os apóstolos eram 12, e comigo formavam 13? Para dar uma equipa e dois suplentes, pá! Era o Judas Iscariote à baliza, o André a lateral direito, o Bartolomeu a lateral esquerdo, Tiago Zebedeu e Tiago Alceu a centrais, João a trinco, Simão Zelote a médio direito, Mateus a médio centro, Tomé a médio esquerdo, Judas Tadeu na posição 10 e aqui o craque Jesus como ponta de lança. O Filipe e o Simão Pedro eram os suplentes.
Peter of Pan: Realmente, isso é fascinante!
Jesus Cristo: Para que as pessoas vejam, pá! É possível ser-se o salvador sem ser um choninhas!
Peter of Pan: Já que estamos neste assunto, posso perguntar qual é a tua opinião sobre o jogo de logo à noite?
Jesus Cristo: Podes, pá! Pergunta lá!
Peter of Pan: Quem é que achas que vai ganhar o derby: o Sporting ou o Benfica?
Jesus Cristo: É assim: se eu fosse um chato como o Luís Freitas Lobo, falaria em transições e o caraças. Como sou o filho de Deus, o caminho, a verdade e a vida, podes ter certeza que o Sporting esmagará os lampiões com um magnífico 4 a 0.
Peter of Pan: Eh lá, isso é bom! Mas eu pensava que tu torcias pelo Benfica, afinal, eles também têm um Jesus.
Jesus Cristo: Um impostor, pá, é o que eu digo! E o Benfica é a equipa dos diabos vermelhos, pá! Ademais, eu identifico-me com um clube que esteve 18 anos sem ganhar um campeonato. Faz-me lembrar os três dias que passei até ressuscitar. Podes apontar: 4 a 0.
Peter of Pan: Resta-nos aguardar por logo à noite, então. Jesus, para finalizar, alguma mensagem para os nossos leitores?
Jesus Cristo: Sim, pá! Para os padres que nos estão a ler: aquela conversa do deixai vir a mim as criancinhas não é para ser levada à letra. Para todos os outros, o único conselho que posso dar para uma vida feliz, humilde e boa é: afastem-se da política.
Peter of Pan: Obrigado, Jesus. E foi a entrevista com o messias. Esperemos que tenham aprendido alguma coisa. Da próxima vez, vamos tentar entrar em conversa com alguém ainda mais adorado: Tony Carreira!
Jesus Cristo: Deves estar a brincar comigo, olha que c@#@£%o!...
Peter of Pan: Até amanhã!

5 comentários:

Francis disse...

tu quando lhe chegas é a sério, brilhante post pá.

a ver se o pai do gajo concorda com os 4 a 0...não lhe meteste uma cunha, não ?

Ilda disse...

Espera sentado pelos 4!

Pulha Garcia disse...

Peter, pá, a história é boa. Estranho um bocado o timing. E os números que apresentas, vá. 4-0? Isso parece um bocado contabilidade à Enron.

Ilda disse...

Então hj não pias???

Brutus disse...

Só falhaste por seis, podia ter sido pior.