quinta-feira, março 06, 2008

Anti-Clímax (seguido de A Frase do Ano)

Ontem foi um dia deveras estranho... extremamente deveras! Bué extremamente deveras! Entre as coisas estranhas que me sucederam, encontra-se esta: estava eu a partilhar um momento altamente emocional e até melodramático com uma pessoa muito especial (ok, pronto, estavamos a ter aquelas "conversas de chacha" típicas de pessoas apaixonadas...) quando, de repente, vindo das profundezas do sei-lá-de-onde, surge um gandulo qualquer com mau aspecto, e interrompe a cena com um praticamente indecifrável: "Pois, mnhãmnhãmnhã, 1 euro para uma cervejola, mnhãmnhãmnhã", enquanto olhava de soslaio para a bolsa da minha companhia feminina. Não apreciei a interrupção, claro está, e lancei-lhe um olhar fulminante, e já todos sabem que, quando aqui o Tanis lança um olhar fulminante, o melhor é saírem da frente. Ele saiu, e pôs-se a meu lado, pronunciando coisas como "Iá, mnhãmnhãmnhã, 1 euro, mnhãmnhãmnhã". Após mais alguns olhares, o gajo lá se tocou e foi-se embora. Ainda pensei convencê-lo a aderir, já que parecia tão desesperado por dinheiro, à prostituição masculina, essa actividade que dá tão bons resultados (como acham que eu arranjo o guito para comprar 10000 cds por mês? A trabalhar?! Tomem juízo!!!), mas acabei por não o fazer e fiquei a olhar para o emplastro/empatas enquanto ele chateava um tipo em busca de um cigarrito...
Após este episódio surreal, lá voltei, eu mais a minha companhia, para o momento emocional, mas agora com um olho no burro e outro no cigano, não fosse o tipo regressar para mais uma rodada de diálogo incompreensível. Enfim, as coisas por que um gajo tem de passar para declarar a sua paixão a uma menina... Que mundo tão complicado!

*

Também ontem, e poucas horas antes do estranho caso acima descrito, o doido autor deste blog surpreendeu-me com a seguinte afirmação, que humildemente classifico como A FRASE DO ANO:


"Pá, dois temas são recorrentes em qualquer texto que escrevo: anti-americanismo e mamas!"


Digam lá se um gajo destes não pode ser senão um porreiraço do caraças?!?!
Tanis

8 comentários:

Ilda disse...

As coisas que te acontecem!!!! Realmente o gajo tinha cá um aspecto?! Ui! Foi surreal, mesmo!
E, sim o 1Berto tem esses 2 temas em quase todos os posts do blog dele tal é a fixação com um e com outro! Freud de certeza explicaria isso!
Jito!

Peter of Pan disse...

Hmmm... como é que sabes que o gajo tinha um aspecto duvidoso?!

Estavas lá, por acaso?!?

:)

Ilda disse...

Podes crer!? Fiquei a pensar nisso depois, mas são os meus poderes de "bruxa" a funcionar!

Peter of Pan disse...

E podes ter certeza de que os teus poderes funcionam...

:)

)0( disse...

humm..... (digo eu a coçar o meu nariz de bruxa)

spiegelman disse...

Mas... Eu escrevo sobre muitas mais coisas...O que acontece é que volta e meia o étimo "mamas" insiste em aparecer sem ser convidado... Eu não o chamei.

Ilda disse...

Sim, sim e tu como és uma bruxa "á séria" é preciso ter cuidado, descobres tudo!!!!

Peter of Pan disse...

Ó Spiegelman... nós sabemos, pois pois...