quarta-feira, março 19, 2008

A Queda do Mito!

Eu orgulhava-me de ser o derradeiro bastião, o último defensor da natureza incontactável do indivíduo, o Astérix que não se deixava dominar pelo imperialismo das tecnologias de comunicação, o espartano que se batia com as redes móveis, invasoras da privacidade e da integridade, porém... tudo isso acabou! Depois de anos e anos de resistência implacável, aconteceu aquilo que ninguém jamais pensou poder vir a acontecer: Impingiram-me um telemóvel… REPITO: impingiram-me um telemóvel! E estou a usá-lo. REPITO: e estou a usá-lo!

Preparem-se: o Apocalipse já não deve demorar muito… agora só falta o José Sócrates começar a cumprir promessas! (hmmm, pensando bem, ainda deve tardar um bocadito!)

Tanis

P.S.: Uma outra perspectiva sobre este mesmo assunto pode ser lida aqui.


4 comentários:

esquilinho disse...

:O
O mundo está prestes a acabar!

Ilda disse...

Ahahahahahah!
Como é que te conseguiram impingir isso? Extraordinário!!! :)

Peter of Pan disse...

O mundo já não é o que era...

...e eu também não!

:O

spiegelman disse...

AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHHHHAAAAHAHAHHAHAHAHHHHHHHAAAAHAHAHHAHAHA!!!!!!!!!!!!!!!!!

E digo mais... AHAHHAHHAHHAHHAHHAHAHAHHAHHAHHAHHAHAHHAHAHHAHHAHAHAHAHAHHAHAHHAHHA!!!!

As convicções são uma batata... ou frita-se, ou coze-se, ou esmurra-se, ou estufa-se

Deixa estar, o bom velho Fritz Nitz dizia que a grandeza do homem não está em manter convicções mas em saber mudá-las