sexta-feira, fevereiro 13, 2009

Uma parvoíce & uma descoberta & um conselho que é ao mesmo tempo uma reclamação

Parvoíce do dia: vi vários jovens de manga curta na rua. É certo que o dia está mais quentinho que os anteriores, mas daí a andar de manga curta, vai uma distância enorme. Ainda estamos no Inverno, não é verdade? Ou já passámos para o Verão e eu não fui avisado?

O melhor é que um dos vários jovens de manga curta com que me debrucei hoje estava visivelmente enregelado, de braços cruzados e a tiritar com frio... é bem feito, meu cabrão de merda, quem te manda vir para a rua mostrar o caparro por baixo de uma t-shirtzinha justa? Quem te manda esquecer o casaco em casa, meu artolas? Quem é que querias impressionar, minha besta? Sair de manga curta em pleno Fevereiro, mesmo que o dia prometa sol, não é sinal de macheza, é sim de estupidez. E das grandes. Hás-de apanhar uma pneumonia e ser obrigado a andar, em pleno Agosto, com cobertores pelas costas. Meu parvalhão...

(está bem, está bem: o que eu tenho é inveja! Quem me dera conseguir andar também pela rua só com uma t-shirt pelo tronco. Já estou farto de camisolas e casacos...)

Descoberta do dia: cheguei à conclusão de que as pessoas, designadamente os lisboetas, se dividem em três grupos consoante a maneira de pronunciar EXPO.

Há o grupo dos que dizem ÉKÇPÓ (ficou bonito, isto. Parece uma palavra russa...).

Há, também, o grupo dos que dizem ÉISHPÓ.

E há, ainda, o grupo dos que dizem ÉS PÓ (assim, com um ligeiro intervalo entre a primeira e a segunda sílabas).

Sendo assim, lanço uma pergunta aos leitores do blogue: a qual destes três grupos pertencem? Eu confesso desde já que caio debaixo do segundo.

Conselho do dia: já aqui falei, há algum tempo, acerca do conceito filosófico de Psicofoda. Ora, parece que está prestes a sair, com a chancela da Bizâncio, o livro que constitui a melhor exposição sobre o tema. O título em português é já de si sugestivo: Não me Fodam o Juízo. Aplaudo a ousadia, mas tenho apenas a reclamar da capa, pois o FODAM vem censurado. A capa vai mostrar apenas Não me F**** o Juízo. Que é esta merda, pá?!?! Os bifes e os amaricados publicaram o original Mindfuck sem problemas! Porque é que nós temos de apanhar com o lápis azul dos censores do(s) costume(s)? Aposto que fizeram isso só para me foder o juízo...

Seja como for, é o lançamento do ano. Já encomendei o meu. Adoro filosofia com tomates!!!!

9 comentários:

Rita disse...

Eu digo ÉISHPÓ. Fico à espera do estudo alargado sobre "gente da minha laia"...
Jokas

Peter of Pan disse...

Olha, outra... Será que estamos em maioria?!?!

Daniela Major disse...

Eu tb digo ÉISHPÓ....e partilho da tua inveja para com os putos que andam de manga curta...na minha escola hj andaram todos assim e eu constipada e de casacos!!

Inês Brito disse...

Em vez de miúdos de manga curta, na minha escola havia pitas semi-nuas.. Que gandas malucas. Eu digo ÉISHPÓ mas sou portuense.

Bj,
(i)

Angelik disse...

Eu cá digo Éishpó, portanto também recaio no segundo grupo.

Quanto ao livro, já escrevi num post-it, quando o vir à venda, se calhar até o compro!

Beijocas

Anónimo disse...

ÈS PÓ.

Não percebo as tuas etiquetas...

Anónimo disse...

ÉS FANTÁSTICO!!! DEVIAS ESCREVER PARA ALÉM DO BLOG!!

Ninja! disse...

Hehe, bom post! E eu faço parte do segundo grupo, embora more bem cá no Norte. Caralho.

Markl disse...

e qual é o seu grupo ???

O grupo dos idiotas ?!
adjetivo masc singular ou será o Antônimo de idiota ?!...

Gosto da sua escrita...revela algum talento... e alguma idiotice !
Mas depreende-se pelo seu blog algumas fraquezas...cuidado !
Atenção á sua "gaja"...
Coma... (e por favor) não seja comido !
Conselho de amigo !