segunda-feira, setembro 12, 2011

A televisão que temos

Caramba, foi o fim-de-semana todo, não se falou de outra coisa. Foi reportagem atrás de reportagem, depoimento atrás de depoimento, entrevista atrás de entrevista, ligações em directo atrás de ligações em directo. Bem vi os rostos que passavam no ecrã, notando-se perfeitamente neles as expressões de medo e de horror. E aquela frase tantas e tantas vezes repetida "Como pôde uma tragédia destas ter acontecido?"


Maldito congresso do PS...

1 comentário:

Paula disse...

Só faltava o Artur Albarran, com o célebre "O horror, o medo, a desgraça..."!