segunda-feira, junho 27, 2005

Festival Eurovisão da Filosofia

Porque é que não existe, à semelhança do Festival Eurovisão da canção, um programa/espectáculo sobre Filosofia? Imaginem só: filósofos de vários países europeus seriam convidados a expor as suas ideias perante um júri, um público e uma larga audiência televisiva. Parece que já estou a ver: após a prestação dos diversos concorrentes, o júri avaliava as filosofias de cada um. Como seria interessante assistir aos habituas "Netherlands, twelve points", "Pays Bas, douze points", "Holanda, doze pontos", aplicados desta vez a teses de mestrado e doutoramento provenientes de várias nações. Como seria enriquecedor observar o programa junto com a família em frente do televisor e exclamar "Oh, qual será a pontuação daquela jovem neo-kantiana da Eslovénia?" ou mesmo "Não gostei nada da tese portuguesa. É todos os anos a mesma fantochada. As pessoas já estão fartas da fenomenologia pós-heideggeriana".
Em suma, seria um programa útil (pois permitiria a divulgação de ideias que estariam votadas ao abandono), cosmopolita (diferentes nações e culturas estariam em contacto) e certamente bem sucedido a nível comercial, bastando para tal juntar um pouco de intriga à coisa, do género "Bah. Aposto que este ano ganha o alemão. Dizem que andou a dormir com o júri!". Deixo apenas uma sugestão: não coloquem o Eládio Clímaco como locutor da versão portuguesa, ok?

Eterno Entorno

2 comentários:

Jorge Perdigueiro - Criador de bovinos em monte anbraão disse...

Penso que um bom apresentador para o programa seria o M.S. Alves!

Patricia disse...

lol... olha digo-te... tu devias já ir a correr a patente desta ideia ao INPI antes que a TVI ou SIC a aproveite...