quarta-feira, dezembro 14, 2005

Rorty, um filósofo mais ou menos relativista, ou Rorty, um gajo que não se lembra de quase nada, ou Rorty, simplesmente, Rorty


2 comentários:

Lufiro disse...

Caro Peter

Eu diria: Rorty subversivo, com pinta :) e inteligência, mas argumentos fraquitos contra a filosofia no estilo analítico e a Verdade como Correspondência.

Cumps!

CP disse...

pena que em portugual ou se é Doutor (atenção que é mesmo com "D" Grande) ou se é Engenheiro. Caso contrário tá-se mas é bem fod***!
Enfim político tb n tá mau para meter ao bolso! Agora filósofo nm para a Câmara de Lisboa!