quinta-feira, novembro 12, 2009

Lúcidos comentários acerca de Teeth, o filme


De todos os filmes não-pornográficos que saquei da net nos últimos dias, o que mais me chamou a atenção pela sua estupidez foi este Teeth, que desconheço se saiu em Portugal. Teeth é uma daquelas películas típicas de terror, ou melhor, de terrir, para adolescentes, mas distingue-se das outras pelo seu ponto de partida, que é uma gaja descobrir que tem dentes na perseguida!

Este conceito é desde logo prometedor, e foi o que bastou para que eu me pusesse a ver o filme. Assisti então ao drama de Dawn, uma normal rapariga ultra-cristã que sonha chegar casta ao casamento, até se apaixonar por um rapaz também cristão, e que também fez um voto de castidade, mas que à primeira oportunidade manda a abstinência às urtigas e salta para a cueca da pobre Dawn. Porém, nada há a temer, porque após duas ou três penetrações, o rapazote tem uma supresa do caralho, quer dizer, no caralho: fica sem ele porque a patagónia da Dawn tem esse insuspeito truque que é possuir vigorosa dentição, capaz de dar cabo de qualquer membro, mesmo do mais avantajado (eu é que não lá o metia, podem ter a certeza).

Não vos vou contar o resto da história, apenas vos deixo mais este spoiler: a dada altura, a coitada da Dawn decide ir ao ginecologista avaliar do seu, digamos, original problema. Como é a sua primeira vez, ela não sabe muito bem o que fazer e em que posição se colocar. O ginecologista, no propósito de a acalmar, vem com um daqueles clichés previsíveis "Não te preocupes, eu não mordo", até enfiar a mão dentro da crica da Dawn e aperceber-se que, afinal, quem morde é a dita cuja. Ri a bom rir quando o doutor retira a mão, verifica que ficou sem os dedos e, esvaindo-se em sangue, grita "AAAAAHHHH, VAGINA DENTATA!!!!". Uma daquelas cenas antológicas que deveria ficar para a história do cinema...

Enfim, se querem saber mais, vejam o filme. Não demora muito a sacar e dá para sorrir. Sempre é melhor do que pagar 5 euros para assistir ao 2012, não é verdade?!

7 comentários:

Diaboderoupacurta disse...

LOOOOL A história é tão parva, mas deixou-me curiosa agora lol

Isso de ter dentes lá, ás evzes dava jeito...muito jeito mesmo! Os chicos espertos ficavam logo a piar fino. ahah :P

Piston disse...

Dá jeito para cortar fita isoladora e para abrir as embalagens mais difíceis.

S* disse...

Dentes na perseguida? Expressão fantástica!

Peixe disse...

Peter... tens selinhos para ti na fritadeira!! :D
Beijocas.

Daniela Major disse...

o teu problema não é os filmes...é a analise!!!

Ilda disse...

E depois queres convencer-me que os filmes que vês são bons? Porra...

de Marte disse...

Eu já vi o filme e... é nojento! primeiro, por causa das imagens horríveis de ver homens depilados. Depilados as in "sem pila". Porque foi arrancada!

Acho que é imagem que devia ser divulgada nas escolas primárias para ver se os gajos na sua adolescência deixavam de ser tão obcecados e passavam a ter algum medo/respeito pela vagina, dentata ou não-dentata!!!

Ehehehe.

quanto ao 2012, lá vai ter de ser... :)