quarta-feira, novembro 26, 2008

Arte no Peter of Pan: Arte de Merda

O facto mais significativo, em termos de Arte, do século XX foi o constante questionamento desse conceito: o que é a Arte? Quais os seus limites? Qualquer coisa que um artista execute pode ser considerada Arte?

Foi Marcel Duchamp que despoletou tão grande confusão: provocador e iconoclasta, Duchamp desafiou críticos, museus e artistas; desafiou a própria Arte enquanto tal, abrindo novos caminhos e propostas. Sem Duchamp, a arte seria certamente mais pobre... ou talvez não! Isto porque, com Duchamp, foi aberta a caixa de Pandora: qualquer coisa (ou quase) podia ser vista como arte: um urinol, um pedaço de madeira, um calhau, um amontoado de aço... até merda!

Sim, merda! Seguindo as pisadas (e cagadas!...) do visionário Duchamp, o italiano Piero Manzoni cometeu a ofensa de enlatar a sua própria merda, escrevendo em cada lata (eram 90!!!) a frase "Merda d'Artista", como se pode ver na foto abaixo:





Poder-se-ia pensar que isto seria a última palavra em termos de merda artística. Mas não! Manzoni não passou de um principiante! Nos nossos tempos, há um artista que leva a merda mais longe. Que não se limita a escondê-la, timidamente, dentro de uma lata. Um artista que utiliza a própria merda como se fosse barro ou argila. Um artista que é um verdadeiro Rodin da bosta. Um artista capaz disto:


A meu ver, trata-se da maior obra de arte de princípios do séc. XXI. Nenhum outro artista conseguiu tão bela composição: duas torres gémeas de merda (que nos remetem obviamente para o mundo pré-11 de Setembro) ladeiam dois cagalhões deitados, símbolo inequívoco do mundo pós-11 de Setembro. É como se o artista nos dissesse: "Por mais alto que subam, lembrem-se sempre que podem cair. A crise está aí, à espreita. Por outras palavras, a vida é uma merda!". Notável alegoria. Noutro ângulo:

Impressionante, sem dúvida. E note-se a especificidade do material usado! Não podia ser qualquer merda! Tinha de ser um tipo específico de merda. Mais dura, e as torres gémeas ficariam sem base na qual assentar. Mais mole, e toda a estrutura não passaria de um todo confuso e caótico, a fazer lembrar as pinturas de um Pollock. O artista teve de calcular cuidadosamente a consistência do material para poder concretizar a sua ideia inicial. O resultado final é brilhante. Melhor do que qualquer merda exposta no Museu Berardo. Desde Praxíteles que o mundo não via escultor com tanto talento, ou mais, pois enquanto o grego fazia as suas obras em mármore, material fácil de trabalhar, o nosso artista teve de se ver com a instável merda! Saída do seu próprio ânus!

Saudemos, pois, o artista em questão. O verdadeiro artista de merda! Possa ele dar-nos muitas mais obras de qualidade. Parabéns, Snoopy:

Ão ão ão, compus um cagalhão!

15 comentários:

subtilezas disse...

ahahahah, muito bom!
o meu filho de 8 anos outro dia xamou me à retrete e disse: oh mãe olha a minha obra prima, parece mesmo uma sereiazinha.

Peter of Pan disse...

:O :)

Rita disse...

E o trabalho do artista foi ainda mais longe. Ele teve que preocupar-se com o tipo de alimentação. Só uma alimentação específica consegue criar o matéria prima com a espessura e dureza ideal, já para não falar no cheiro afinal de contas perante uma obra de arte são os 5 sentidos que são contemplados...
Jokas

Peter of Pan disse...

É mesmo um artista de classe, não é?

)0( disse...

Snoopy, já sabía que eras um grande artista, mas nunca te imaginei capaz de tamanha habilidade!
(se a TVi te descobre!!)

:D

Peter of Pan disse...

Qual TVI qual quê, o Snoopy vai é directamente para o National Geographic!

Rafeiro Perfumado disse...

Aquele cagalhão saiu daquele canito? Desgraçado, nem se deve conseguir sentar!

Lder disse...

Laca, muita laca para fixar bem a obra, e toca a massacrar o telemóvel do madeirense, com tiques de "padrinho" no vestuário!

O gajo tem muito, e se fôr bem levado, compra qualquer merda - sem ofensa para a "master piece" do Snoopy.
É que, há uns tempos atrás, alguém o conveceu que era boa ideia comprar o Benfica...

Peter of Pan disse...

@Rafa: por incrível que possa parecer, sim. E digo-te que no mesmo dia o mesmo canito compôs mais umas quantas "obras de arte"...

@Lder: Mas lá está! O Berardo compra qualquer merda... e a obra do Snoopy não é uma merda qualquer! É boa demais para o comendador Joe.

Ilda disse...

Até parece que sou uma dona desnaturada, só vim ver a obra do Snopito hj! Foi uma honra ter participado nesta reportagem fotográfica para a divulgação do verdadeiro "artista de merda" que és!!! Obrigado Snoopy!

Peter of Pan disse...

Já viste? Um talento destes lá por casa e ainda não tinhas dado por nada...

Ilda disse...

Qualquer dia descobrimos os talentos escondidos da Xena e da Mimi!!!

Peter of Pan disse...

Só espero é que tenham "talentos" diferentes...

sonhos/pesadelos disse...

loool
não consigo dizer mais nada, apenas que conheço una nina que tem um Mastim de 50kg em casa que as obras dele chegam a ser pinturas rupestres de tempos a tempos....ah ah ah ah

Peter of Pan disse...

Arte Canídea é a arte da moda, estou a ver!