sexta-feira, novembro 21, 2008

Um post para as gajas se babarem.




O rapazinho da foto acima é o Hugh Jackman e foi recém-eleito, pela revista People, o homem mais sexy do mundo. A sorte dele é a dita revista não saber quem eu sou, porque caso soubesse, não havia pai aqui para o je.


Normalmente, estaria a roer-me de inveja e a debitar impropérios contra o mocito. Ainda mais porque a minha gaja, num acto de suprema lata e igual leviandade, disse-me apenas isto: "Ai, hoje recebi uns emails de umas amigas só com fotografias do homem mais sexy do mundo. Nem sei o nome dele, só sei que fiquei ali a babar-me em frente ao monitor". É caso para um tipo ficar com raiva, não é? Mas eu não: limitei-me a espetar na minha mais-que-tudo uma murraça tão grande que, agora sim, ela tem razões de sobra para se estar a babar toda. Mas hoje ainda a vou visitar ao hospital, tudo porque a amo.


Contra o Hugh Jackman, contudo, não tenho nada. Porque eu admiro-o. Não no mesmo sentido que as gajas, mas admiro-o, sim. Aliás, em boa verdade as mulheres não o "admiram": as mulheres querem, pura e simplesmente, que ele lhes salte para a cueca. Mais do que admiração, é puro desejo animal, semelhante ao que um leão tem pela zebra. O que elas querem é comê-lo, até aos ossinhos. Que vacas...


E admiro-o porquê? Porque, em primeiro lugar, o homem não é americano. Singrou em Hollywood, conquistou as revistas, as telas, as mulheres e tudo o mais naquele país, mas não é natural de lá. Ele é australiano! E isso é um ponto a seu favor. E em segundo lugar, e bem mais importante, Hugh Jackman tem todo o meu respeito porque foi ele a encarnar o meu herói de infância, adolescência e idade adulta: o Wolverine. Para quem não conhece, é este:





E por que gosto eu tanto do Wolverine? Porque ele é o definitivo herói anti-herói. Em vez de ser um escuteiro bonzinho ao serviço do governo norte-americano (olá, Super-Homem!, olá Capitão América!), ou um pós-adolescente com crises de consciência (olá, Homem-Aranha!), ou um pequeno-burguês com psicopatologias graves (olá, Batman!), ou um mongo (olá, Hulk!), o Wolverine é um herói com atitude. É um gajo que não está para levar com merdas! Que não reconhece nenhum tipo de autoridade acima de si. Faz-se às miúdas, mesmo que elas estejam comprometidas. Não leva os vilões para a prisão: dá-lhes um enxerto e, se possível, ainda os corta às postas! E se outros "heróis" o tentarem impedir, azar o deles. E mete-se nos copos. Pragueja. É politicamente incorrecto. Podia até estar do lado do mal, não fosse um sentido ético inato que o leva a fazer a coisa certa em vez da errada. É, em resumo, um gajo com muita pinta: se eu tivesse um esqueleto indestrutível, umas garras a condizer e um sistema imunológico que me livrasse de qualquer maleita, seria exactamente como o Wolverine, mas em versão cartesiana.


E foi o Hugh Jackman que levou esta figura ao grande ecrã. É por esse motivo que o tenho em boa conta. Foi eleito o homem mais sexy? 'Tá-se bem. Ele merece. As gajas ficam de queixo caído por ele? Tudo bem, não tenho problemas com isso: a demonstrá-lo está o facto de eu ter partido o queixo da minha, assim pode andar sempre com ele caído. É o Hugh um bonzaço do caraças e essas tretas todas? Ó pá, see if I care, para mim ele será sempre o actor que fez de Wolverine, e só isso já lhe dá crédito diante de mim. Portanto: os meus parabéns, Hugh. Desejo-te sorte. Só te peço uma coisa: passa longe da minha casa, está bem? Adeus.

8 comentários:

Ilda disse...

Ahahahahahahahahah!!!!
Não consigo dizer mais nada, pq vi a foto dele e já me estou a babar outra vez! Porra, já molhei o teclado!

)0( disse...

Nada mau, não senhor! :)
(shlep, shlep)

Peter of Pan disse...

Parvas...

Ilda disse...

Parvas, não! Realistas!!!

Rafeiro Perfumado disse...

Mesmo com essa explicação toda, não ficas lá muito bem na fotografia, pá... hoje não levas abraço.

Daniela Major disse...

Por acaso tb gosto do Wolverine...mas no X-man prefiro o Magneto...e o Sir Ian está brilhante no papel...
E o Hugh Jackman é giro...mas há melhores! E não, não estou a falar do autor deste blogue.

Rita disse...

Prefiro o Johnny Deep a fazer de Eduardo Mãos de Tesoura. Pensando bem a fazer o que quer que seja...
Jokas

Peter of Pan disse...

@Daniela: também sou fã do Ian McKellen. Só que o Magneto não é herói coisa nenhuma.

@Rita: Ahahahaahahahah!