segunda-feira, março 23, 2009

Roubo! Roubo! Roubo! Carta ao Procurador Geral da República

A/C de Sua Excelência, o Procurador Geral da República, Fernando José Pinto Monteiro


Caríssimo Senhor:

A minha indignação é o que serve de motivo para redigir, a vossa excelência, esta carta. Desconheço se vossa excelência se deu conta do crime ocorrido no passado sábado em Faro, um crime de proporções gravíssimas que lesa deveras a nossa mui querida e estimada república, da qual vossa excelência é procurador geral. Se vossa excelência não faz ideia de que vil crime falo, passarei de seguida a informar vossa excelência, vossa excelência. Procurarei ser o mais claro e objectivo, por via a uma melhor compreensão, por parte de vossa excelência, de tudo o que vossa excelência não viu ou não soube, se é que não viu nem soube.

O que se passou foi isto: o Sporting foi roubado, caralho! Roubado à força toda! O minuto 73 da final da Taça da Liga disputada no Estádio Municipal de Faro constitui o maior assalto jamais cometido em Portugal desde que um filho da puta qualquer roubou a virgindade à Catarina Furtado! Vossa excelência não viu aquela merda?!? Quem é que no seu perfeito juízo assinalaria aquele penalty? Toda a gente no estádio viu: não é penalty! Toda a gente em casa viu: não é penalty! Até o árbitro auxiliar viu, e disse: não é penalty! E o árbitro, o senhor Lucílio Baptista, que não viu o lance, chega junto da grande área e o que faz?! Marca penalty! Que merda é esta, caralho?!?!?!

Espero que vossa excelência se prepare para tomar as devidas providências. Isto é: quero que o senhor Lucílio Baptista seja detido, levado a tribunal, julgado, condenado, estripado, queimado num auto-de-fé público a levar a cabo no Estádio Alvalade XXI, lar de todos aqueles que foram ingrominados no passado sábado, e que as cinzas que sobrarem sejam levadas junto do cão do Obama, para posteriores medidas urinárias. Fazer isto será fazer justiça, e vossa excelência, enquanto procurador geral da República, tem o dever de exigir que a justiça seja feita, foda-se!

Ah, e já agora, de forma a compensar devidamente quem foi alvo de indigno assalto, sugiro que a Taça da Liga seja entregue aos vencedores de direito, os jogadores do Sporting Clube de Portugal. A lei, a moral, o estado democrático e eu assim o pedimos!

Obrigado.

Sem mais, e com a maior cordialidade,

Peter of Pan

P.S.: Também aceito que, em vez de deter, levar a tribunal, julgar, condenar, estripar, queimar e levar as cinzas do Lucílio Baptista ao cão do Obama, seja tomada apenas a seguinte medida: ENRABEM O GAJO! ARRANQUEM-LHE OS TESTÍCULOS E DÊEM-NOS À ÁGUIA VITÓRIA, JÁ QUE ELE GOSTA TANTO DE AJUDAR LAMPIÕES! ESPETEM-NO NUMA BACIA DE ÁCIDO! TIREM-LHE OS OLHOS COM UMA COLHER, JÁ QUE ELES NÃO SERVEM PARA NADA! PENDUREM-NO DE PERNAS PARA O AR JUNTO DA ESTÁTUA DO MARQUÊS DE POMBAL E DEIXEM-NO FICAR ASSIM DURANTE 3 MESES, SEM ÁGUA OU COMIDA! CORTEM-LHE A GLANDE! ESPATIFEM-LHE O CARRO! ESCREVAM PALAVRAS OFENSIVAS NAS PAREDES DE CASA! PONHAM-LHE 10 PRETOS TODOS NUS À PORTA! PEGUEM NUMA PROSTITUTA SIFILÍTICA, AIDÉTICA E TUBERCULOSA E OBRIGUEM-NA A TER SEXO COM ELE, MAS COM UM DILDO DE PLÁSTICO! E IMPEÇAM-NO DE VOLTAR A APITAR JOGOS DO SPORTING, PORRA, FILHO DA PUTA DE UM CABRÃO!!!!

6 comentários:

Rita disse...

Para ti só isto:
- Dói não dói????
Jokas

Ilda disse...

Roubo parece ser a palavra de ordem nos ultimos dias...

Rafeiro Perfumado disse...

Hoje só me apetece dizer isto: sniff...

NUNIX disse...

Solidariamente de acordo com um colectivo rugido de revolta!!! Merda para esta merda toda fodace! BASTA!
Nunix & Arielfix

Daniel Silva disse...

Aqui, todas as plavras vernaculas são poucas. A base de licitação vocabular para o sucedido é CABRAO DE MERDA FILHOS DA PUTA... a partir daí vale tudo...

E nao é por eu ser do Sporting (nem tenho simpatia por outro clube embora pensa mais para o Sporting). É por uma questão de Justiça... merda...

Peter of Pan disse...

Grato pela solidariedade.