sexta-feira, outubro 09, 2009

Dói-me o rabo...


É verdade: dói-me o rabo! Não, não fui arrombado por uma multidão de estivadores cabo-verdianos. Também não fui sodomizado por um gangue de trolhas samoanos. E muito menos fui desflorado pela equipa de futebol sénior da Nigéria.

A culpada é a minha gaja. Não, ela não me furou a anilha com um dildo de plástico. Também não me espetou um cabo de vassoura pela peidacha acima. E muito menos tive o meu selo anal violado através do gargalo de uma garrafa.

O que se passou então? Aquilo que a imagem acima ilustra: a gaja pregou-me uma valente dentadazorra no befe, nomeadamente no nalguedo direito (conotações políticas à parte, é sempre o lado direito que dá chatices...). Como resultado, guardo agora, qual tatuagem, a marca de dentes no meu precioso bumbunzinho, marca essa situada bem no centro de uma enorme nódoa negra, e além disso, quando me sento, tenho de fazê-lo inclinado para a esquerda, de forma a que a minha nalga direita não assente no banco ou cadeira.

Também fiquei com um andar novo, pois os movimentos musculares que realizo ao caminhar dependem de um impulso rabal. Estando a nalga direita manca, é toda a perna que lhe está colada a sofrer as consequências. Portanto, coxeio. E, ao contrário do mariconço do Dr. House, não possuo uma bengala para me apoiar os passos. Portanto, de dez em dez metros estou pregado ao chão (felizmente, não me calhou ainda cair de cu. Ao menos isso...).

Aposto que a pergunta de um milhão de dólares que vocês estão mortinhos para fazer é: "Bolas, tanta violência. O que é que vocês fazem na cama para ficares nesse estado?". E a minha resposta limita-se a isto: pá, não queiram saber. Se eu vos contasse, nem quero pensar em que estado ficaria o meu cagueiróvski...

Ah, bom fim-de-semana e coiso.

9 comentários:

S* disse...

Ah... hardcore por esses lados. Não te queixes. Parece-me bom!

)0( disse...

Eu diria que ela é uma tipa cheia de coragem!

Ilda disse...

Prepara-te hoje levas uma do outro lado!!! hihihihihi!

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Lool

Hoje comento só por isto: é que publiquei uma deliciosa carta no meu canto e me fez lembrar de ti ao escrevê-la.

Abraço... como o que te dei :)

francis disse...

e tu não lhe chegaste ? pussy.

Gonçalo disse...

Uma relação muito à frente, como eu gosto :)

Alexandra disse...

Ena pah!Isso mete coisas muito justas e a puxar para o preto?Um chicote pelo meio?

PREFIRO NÃO SABER!:)

Bom fim-de-semana e vejam lá se segunda andam inteiros;)

Diaboderoupacurta disse...

LOOL E tu deixaste-te ficar! Ela pelos vistos é que manda aí, tu é que sofres :P

Peixe disse...

É... o que a mulher sofre por viver contigo! Deixa lá, depois ali do episódio das malaguetas, tão cedo não te manda outra trinca no rabito! ehehe