quinta-feira, outubro 01, 2009

O que está a dar, afinal, é ser arquitecto!

Futebolista.
Actor de Hollywood.
Advogado de políticos corruptos.
Prostituta de luxo.
CEO de uma empresa de novas tecnologias.

O que têm em comum as profissões acima?!? São bem remuneradas! Mas em termos de vantagens, não se comparam à de arquitecto. Segundo notícias recentes, Frank Gehry recebe, à hora, uma soma de 649€ pelo projecto que desenhou para o Santana Lopes. (projecto esse, recorde-se, que tinha a ver com a requalificação da zona do Parque Mayer)

Não tenho nada contra o senhor Gehry, bem pelo contrário. Estive há pouco tempo em Praga e pude ver com os meus próprios olhos a Dancing House, projectada pelo dito arquitecto:

Trata-se nitidamente de uma obra original, e pessoalmente também gostaria de ver em Lisboa qualquer coisa com a assinatura do mestre, não era precisava de ser uma nova Dancing House, até porque aquilo mais parece um prédio a cair, e disso Lisboa já tem muitos, MAS:

a) pagar 649€/hora a um arquitecto para apresentar um plano de reabilitação é um exagero!
b) pagar 649€/hora a um arquitecto para apresentar um plano de reabilitação do Parque Mayer é um duplo exagero!
c) deixar o Santana Lopes negociar isto foi uma estupidez!!!
d) pagar tanto dinheiro pelo projecto e depois desistir dele é de bradar aos céus!
e) permitir que o Santana se candidate novamente à Câmara é uma dupla estupidez!

Se queriam mesmo tanto mudar a imagem daquela zona de Lisboa, que aliás bem precisa, por que não vieram falar comigo?! Eu sou um gajo sempre cheio de boas ideias, sempre disposto a ajudar, e além disso sou muito mais generoso na cobrança de honorários. Bastaria à Câmara pagar-me 150€ por hora e todos os gelados que eu conseguisse comer para eu realizar um projecto simpático. Bem sei que a tarefa de reformular o Parque Mayer, após esta trabalhada toda envolvendo o Santana mais o Gehry, foi já entregue ao arquitecto Manuel Aires Mateus, mas se as pessoas da Câmara quiserem ser sensatas, ainda vão a tempo de anular o contrato com este gajo, pagar-lhe uma indemnização choruda e contratar alguém com uma visão de futuro, ou seja, eu!

Como prova da minha boa vontade, deixo uma amostrazinha do meu projecto para o Parque Mayer (na minha secretária, está um dossier com 500 páginas de ideias):

1 - terraplanar toda a zona
2 - em lugar de construir um hotel (como prevê o projecto do Manuel Aires Mateus), proponho a edificação de uma mega-casa de alterne. Isto permitiria não só requalificar o Parque Mayer mas também a zona do Intendente, que passaria a zona de fornecimento de "mão-de-obra" para a mega-casa de alterne.
3 - marimbar para a patetice dos teatros de revista e montar um mega-pavilhão fechado onde se pudessem ver espectáculos na esteira do Moulin Rouge, mas ainda com mais mamas.
4 - expandir o Jardim Botânico até às traseiras da mega-casa de alterne, e criar uma zona de exposição de... bem, enfim, de "grelos" provenientes de todo o mundo.
5 - criar um parque de estacionamento suspenso (já não há pachorra para os parques de estacionamento subterrâneos!) a 250 metros do chão, com elevadores para viaturas e passageiros. Quem ficasse mais de duas horas a desfrutar dos divertimentos que a mega-casa de alterne tem para oferecer, teria direito a um desconto de 50% no bilhete de estacionamento.
6 - colocar uma estátua de bronze à entrada da Travessa do Salitre baseada nos seios da Rita Pereira.

Vejam lá se isto não é um projecto com cabeça, tronco e membro... e o que se poupava em Euros!...

2 comentários:

Maldonado disse...

Tens ideias muito originais, sim senhor... :)
O FG creio que até não deve ser dos arquitectos estrangeiros mais caros, ainda assim quem é bom tem de ser remunerado de acordo com o seu valor...
O Santana Lopes devia ter recorrido à prata da casa, nomeadamente ao Tomás Taveira, o qual também é arrojado como o FG, só que com uma variante: privilegia os espaços traseiros...

Alexandra disse...

Está original,concordo plenamente!
Só há aí uma coisa que eu não poria...as mamas da Rita Pereira...Não há mais nenhuma de jeito por Portugal?