domingo, setembro 04, 2005

Bloca-mos!

Louçã, em discurso realizado ontem (3/09/2005), referiu que a sua candidatura se afirmava como de oposição não só aos outros candidatos, mas também ao Portugal apodrecido. Pessoalmente, acho que Louçã faz muito bem em criticar o actual estado do país, apesar de lhe faltar alguma originalidade - disso até eu sou capaz e, no entanto, não sou candidato à Presidência da República. Não o vejo é com arcaboiço e, já agora, com maturidade suficiente para alterar esse mesmo estado...
Bem dizia o PCP (Mau! Devo andar doente! Desde quando é que concordo com o PCP?) no longínquo ano de 1999, a propósito do surgimento do Bloco de Esquerda: é um partido com Síndrome de Peter Pan (por favor, não confundir com Peter of Pan...).
Por outras palavras, o Bloco ainda não cresceu ideologicamente e não se prevê quando o fará. O retrato do Portugal podre já é vox populi e não deveria servir como argumento de candidatura a Belém; quando isso acontece, fica apenas demonstrado que quem o proferiu não dispõe senão de ideias banais e prosaicas. Mas este talvez seja o problema de Louçã e do Bloco: à conta de evitar o apodrecimento, corre o risto de não passar de fruta demasiado verde, sem sumo para propor ao país.

Eterno Entorno

P.S.: Peço desculpa pelo tom sério evidenciado em algumas partes deste post. Não é meu hábito. Daqui para a frente, esperem apenas as parvoíces do costume! Tenho dito.

3 comentários:

radioapilhas disse...

BE = Geração Rasca?

Eterno Entorno disse...

É uma hipótese que não deve ser descartada. Se bem que o BE consegue ser um pouco mais rasca que a dita geração...

A politcus disse...

BE - originalmente BSE, mas abreviado para BE por motivos de descriminação.Passando assim de "Bacanos Super Estúpidos" para "Bacanos (simplesmente)Estúpidos".