segunda-feira, novembro 14, 2005

Aforismos (12)

Quando um guarda-redes dá frangos, o melhor é não mandarmos bocas. É que podemos ser acusados de pertencer a um lobby, e daí a colocarem-nos no lobby gay vai um passo pequeno, demasiado pequeno... A não ser, claro, que sejamos mesmo gays. Aí não há problema algum e podemos então fazer as críticas que bem entendermos.

Eterno Entono

6 comentários:

spiegelman disse...

Olha lá pá, essa tua insistência no Ricardo está-se a tornar uma obsessão com contornos patológicos. Há mais vida para além do Ricardo... Sabes que o ódio é apenas a outra face da moeda de uma grande paixão...

Eterno Entorno disse...

Isso é o que o Vítor Baía me vem dizendo...

radioapilhas disse...

O Ricardo é uma preciosa fonte inspiradoira, Spiegelman. Tem tanto de cómico como o Higuita e uma técnica inversamente proporcional. Só espero que ele continue entre os postes do Sporting por muitos e bons anos.

Eterno Entorno disse...

Ehehehe... ainda há quem se lembre do René Higuita, esse grande guarda-redes-ponta-de-lança e tu-cá-tu-lá com Sua Alteza Dealeríssima Pablo Escobar...

spiegelman disse...

Eh pá... O Higuita, o homem das defesas com os calcanhares, cuja cabeleira só tinha rival na do Valderrama, por acaso contemporâneo e consorte de selecção, teve nos seus pés os momentos mais gloriosos do mundiais de futebol... O Ricardo vem do Montijo, que é terra de bois...

david disse...

[Gargalhada]