sábado, novembro 26, 2005

Político Profissional: subsídios para um estudo

Está agora muito in o debate sobre políticos profissionais. Como sabem, o tema foi levantado semanas atrás por Cavaco Silva, quando este confessou não ser um desses animais. Os outros candidatos, assim como diversas figuras proeminentes, reagiram com indignação e declararam-se eles próprios como profissionais da política. Porém, a questão essencial ainda não foi discutida, e essa é: mas que raios é um "político profissional"? Conseguirá alguém reconhecer um político se esbarrar contra ele na rua? Juro que tentei encontrar respostas, mas não consegui. O máximo a que o meu engenho chegou foi à colação de uma série de hipóteses, as quais partilho agora convosco. Escolham a que vos parecer mais plausível.

Um político profissional é:

a) Alguém cujo trabalho se baseia em mentir, roubar e lixar os cidadãos que nele votaram.
b) Um indivíduo que entra diariamente na Assembleia da República às 11.30h, sai ao meio-dia para almoçar, regressa às 15.30h e abandona definitivamente o hemiciclo meia hora depois, sempre com aquele ar de quem trabalhou imenso.
c) O mesmo que uma "profissional da vida": utiliza os dotes "orais" para chegar mais longe.
d) Um trabalhador com estatuto semelhante aos árbitros de futebol.
e) Alguém com ligações privilegiadas a empreiteiros, advogados, magistrados, jornalistas, presidentes de clubes de futebol, prostitutas e meninos da Casa Pia/adolescentes do Parque Eduardo VII.
f) Um grandessíssimo e imensamente enormíssimo filho-da-putíssima.
g) Uma pessoa que se formou em Graxa e Lambe-Botismo Aplicados e exerce agora os seus conhecimentos num qualquer partido.
h) Todas as anteriores.
i) Nenhuma das anteriores. Ninguém sabe o que um político profissional faz.

Eterno Entorno

1 comentário:

dr.phil disse...

alguém que tem um major na Ivy Leak?!