quinta-feira, novembro 24, 2005

Homofóbico, o Vaticano? Nããããão...

O Vaticano anunciou que vai impedir os indivíduos com tendências homossexuais de aceder ao sacerdócio. Em si, esta atitude levanta vários problemas. O primeiro é: e os padres que já são gays? Funcionará esta lei retroactivamente? (Não no sentido que estão a pensar de "retro", seus badalhocos... Isto não significa dizer que a lei será enfiada no traseiro dos insignes senhores... Ou significa?). O segundo problema é: como se verifica a homossexualidade de um candidato a padre? Haverá níveis de rabetice indexicados num qualquer documento do Vaticano? Quer dizer, parece-me que certos casos são mais do que óbvios (por exemplo, um frade andar durante uma semana ou mais com um castiçal enfiado na Sua Santidade...), mas outros padecem de falta de clareza (um jovem católico que adore ver os programas do Esquadrão G e deteste futebol estará automaticamente taxado de invertido? Terá ele alguma margem de manobra?). Terceiro problema: o combate do Vaticano à homossexualidade fica restringido a esta lei? Não me parece coerente que a Santa Sé proíba os padres de praticar a sodomia, quando no tecto da Capela Sistina está uma obra executada por um dos mais famosos rabilons do mundo ocidental: Miguel Ângelo, também conhecido por "putinha" entre os amigos mais íntimos. Se o Vaticano quer levar adiante (e atrás, principalmente) esta política, então tem de se desfazer de toda e qualquer associação aos vícios do Demo. Portanto, livrem-se do sobredito tecto! Ponham-no no meu quarto, por exemplo. Eu não me importo...

Eterno Entorno

4 comentários:

Dentrodabarriga disse...

Eles são espertinhos. Esta é uma incubadora magnífica de pedófilos e paneleiros reprimidos que molestam os meninos das sacristias, desta forma, perpetuam de geração em geração o trauma do abuso... uma vez que não se reproduzem... Enfim, eles querem assim...



:)

Aristoxena disse...

Pois, mas acho que pior do que homossexual é ter tendência para as criancinhas em geral. Isso é que é mau. De qualquer maneira não eprcebo , se é assim tãããão importante que os padres sejam "hetero" , não percebo a insistência no celibato . "Tens que gostar de gajas, mas não lhes podes tocar". Ora, ora ... hipocrisias !

dr. spock disse...

..O Senhor é muito ciumento...ora essa....mas que ideia pateta é essa agora de os meninos dele andarem a divertir-se por fora?

Eterno Entorno disse...

Comentários pertinentes, sem dúvida! Continuem que eu gosto...