quinta-feira, julho 14, 2005

10 medidas para melhorar o Ambiente

Portugal vive, além de outras, uma profunda crise ambiental. São os incêndios, a poluição nas grandes cidades, a desflorestação, o grupo parlamentar do CDS/PP, a falta de ordenamento do território, os dejectos industriais, a programação da TVI, etc. etc. etc. É na expectativa de inverter esta tão grave situação que o Peter of Pan deixa aqui 10 propostas filosóficas; possam estas melhorar o nível ambiental deste "cantinho à beira-mar plantado".

1 - Impedir o abate de árvores para o fabrico de livros do José Gil.
2 - Proibir Dias da Cunha, Presidente da Sporting SAD, de abrir a boca durante o prime-time.
3 - Enviar o Alberto João Jardim para Saturno e deixá-lo ficar por lá.
4 - Substituir, num prazo até 5 anos, os automóveis por hoverboards do género Regresso ao Futuro.
5 - Colocar os militantes dos partidos políticos a limpar matas e florestas sempre que não estejam em campanha eleitoral.
6 - Não deixar que Francisco Louçã profira discursos em favor do Ambiente.
7 - Proibir cartazes com o retrato de Garcia Pereira.
8 - Obrigar o Governador do Banco de Portugal a plantar uma árvore por cada vez que se engane nos números do défice. Se esta medida for respeitada, em pouco menos de um ano Portugal contará com o dobro das árvores da floresta amazónica.
9 - Exigir ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior que promova a invenção de cigarros sem fumo.
10 - Convidar Monica Bellucci para Ministra do Ambiente (a isto se chama verdadeiramente "melhorar a paisagem").

Se alguém tiver mais ideias para possíveis medidas, favor enviar para o Peter of Pan.

Eterno Entorno

2 comentários:

PHD nisso e coisas afins disse...

Promover o uso de papel reciclado nas festas de Santana Lopes,

Substituir os carros dos ministros por bicicletas,

Exigir que os lisboetas tomem banho antes de saírem para a rua , em especial para transportes públicos(porque estão entre as principais causas da destruição da camada de ozono),

Exportar médicos espanhóis,

Proibir os intelectuais do Chiado de saírem à rua (um estudo recente conclui que provocam mais impacto ambiental do que o túnel do Marquês),

Triplicar os campos de golfe no Algarve,

etc…


O ponto fulcral é olhar para o meio ambiente como um fim em si mesmo.

Eterno Entorno disse...

Excelentes sugestões, sim senhor. Vamos já fazer um abaixo-assinado e levar essas medidas à Assembleia da República.