segunda-feira, julho 11, 2005

Reacções à Fenomenologia do Espírito - O Filme

Tal como tinha prometido, deixo aqui um apanhado das reacções à antestreia da Fenomenologia do Espírito - O Filme, ocorrida no Festival de Cinema de Jena.

"Absolutamente espirituoso"
(G.W.F. Hegel)
"O melhor dos filmes possíveis"
(Leibniz)
"Não liguem a este tipo que acabou de falar"
(Voltaire)
"Dá um bigode a qualquer outro filme"
(Nietzsche)
"Ab-solutamente ek-stático. Já agora, não viu por aí o meu Dasein?"
(Heidegger)
"Vi este filme como um fim e não apenas como um meio"
(I. Kant)
"O realizador morreu"
(Nietzsche, que não largava o nosso repórter)
"Mas que bela ideia"
(Platão)
"O inferno são os outros filmes"
(J.-P. Sartre)
"Pró c*ralho"
(João César Monteiro)
"Isso mesmo, João! Cambada de filhos-da-p*ta"
(Alberto João Jardim)
"Excelente! Nenhum animal foi maltratado nesta película"
(Peter Singer)
"Acho que o realizador meteu um bocado de água"
(Tales)
"Duvido deste filme"
(Descartes)
"O Sócrates era totó"
(Nietzsche, esse chato)
"Sim, pois... o espírito e tal... mas e o corpo? O corpo, meus senhores?"
(M. Merleau-Ponty)
"Concordo com o Maurice. Penso que o argumentista teve medo de existir"
(José Gil)

Fica também a informação de que, devido ao sucesso, a equipa de produção já está a preparar uma Fenomenologia do Espírito - Director's Cut e uma sequela, que em princípio será intitulada Fenomenologia II - A Vingança do Espírito. Aguardamos com ansiedade!

Eterno Entorno

2 comentários:

Glob disse...

"Depois de ver este filme, reparo que talvez não foi bom ter dado a entrevista à SIC!"
(Miguel: pseudo-jogador do Benfica)

T. M. disse...

muito bom mesmo!!! acho q vou linkar tb, mas 2 de seguida será demais nao? vou esperar um bocdo ;)